Eixos Temáticos

O VIII ECEM encontra-se organizado em três grandes eixos:

- Formação de Professores que Ensinam Matemática;

- Práticas Escolares na Educação Matemática;

- Pesquisa em Educação Matemática. 

Eixo A - Formação de Professores que Ensinam Matemática

A formação de professores que ensinam matemática, seja a inicial ou a continuada, no âmbito da Educação Matemática tem sido caracterizada como a base dos processos de constituição da identidade docente. Localizado na fronteira entre saberes e fazeres necessários ao desenvolvimento e profissionalização do futuro professor e do professor em exercício nos sistemas responsáveis pela educação no Brasil, o presente eixo acolherá trabalhos concluídos ou em andamento sob os mais diversos matizes teóricos e metodológicos. Os trabalhos submetidos a esse Eixo devem relacionar-se à formação inicial de professores (contemplando cursos de Licenciatura em Matemática, Pedagogia, Educação do Campo, Educação Indígena, Educação Quilombola, Educação Especial e áreas afins), bem como programas de formação continuada. 

 

Eixo B – Práticas Escolares na Educação Matemática

Discutir as diversas dimensões das práticas escolares, com referência direta com a sala de aula (Educação Básica ou Superior), valorizam os conhecimentos produzidos a partir de contextos de ensino da Matemática e contribuem com o desenvolvimento do campo de estudos da Educação Matemática. Nesse Eixo de discussão do VIII ECEM serão submetidos trabalhos que apresentam pesquisas e vivências do cotidiano das instituições educacionais no âmbito da Educação Matemática nos diversos níveis e modalidades de ensino. 

 

Eixo C – Pesquisa em Educação Matemática

A Educação Matemática enquanto campo profissional e de produção de saberes vem se ampliando de forma significativa nas últimas décadas, principalmente nas suas interfaces com outros campos do conhecimento: Linguística, Filosofia, Sociologia, Estudos Culturais, Psicologia, Didática, Currículo, Estatística, dentre outros. Analisar e socializar pesquisas no campo da Educação Matemática requer contemplar esse mosaico teórico e metodológico. Nesse sentido, o presente Eixo visa agregar as múltiplas perspectivas de pesquisas no campo da Educação Matemática e suas interfaces, de abordagens qualitativas e/ou quantitativas.  Serão aceitas pesquisas empíricas, bibliográficas/documentais ou ensaios teóricos, concluídos ou em andamento. 

A partir desses três Eixos, cada trabalho deverá ser submetido ao VIII ECEM em um dos subeixos abaixo, considerando aquele que mais se ajusta ao objetivo ou problemática central do trabalho:                                                        

(1) diretrizes curriculares e políticas públicas na formação inicial e continuada de professores que ensinam matemática (PIBID, Residência Pedagógica e similares); 

(2) prática de ensino e/ou estágio supervisionado; 

(3) prática como componente curricular; 

(4) aprendizagem docente e/ou desenvolvimento profissional; 

(5) conhecimento, prática e/ou identidade docente; 

(6) psicologia e/ou processo linguísticos e cognitivos em Educação Matemática;

(7) práticas formativas e/ou práticas profissionais;

(8) práticas inclusivas em/na Educação Matemática; 

(9) avaliação em/na Educação Matemática; 

(10) Tendências em Educação Matemática, tais como: Modelagem Matemática, Resolução de Problemas, Tecnologias Digitais, Etnomatemática, Investigação Matemática, História da Matemática; 

(11) Feiras de matemática;

(12) Concepções em Educação Matemática; 

(13) Matemática, Arte e Diversidade cultural; 

(14) Dimensões filosóficas, sociológicas e políticas na Educação Matemática; 

(15) História, Filosofia e Epistemologia na e/ou da Educação Matemática.